Uma onda otome | Weekly Densetsu #008

Semana dominada pelas visual novels românticas.


Logotipo Weekly DensetsuA Weekly Densetsu é uma coluna semanal onde a equipe da Densetsu Games dá uma olhada em tudo o que rolou durante a semana, compartilhando e comentando o que acharam mais interessante.


No finalzinho do segundo tempo desta semana, a Aksys Games realizou seu próprio evento “estilo Direct” com vários jogos que a distribuidora trará ao ocidente. Na chamada “All Aksys 2021”, foram destacados uma variedade de títulos japoneses, principalmente as visual novels otome da Idea Factory.

Como fãs de títulos japoneses devem saber, jogos otome são aqueles que são feitos com o público feminino em mente. Geralmente, games dessa categoria aparecem na forma de visual novels e a maioria segue uma certa fórmula, acompanhando uma jovem mulher que deve escolher um par romântico entre diferentes tipos de pretendentes.

A Aksys não só finalmente revelou datas de lançamento para alguns dos jogos que ela já tinha anunciado, como também divulgou algumas inéditas que virão ainda mais tarde. Até alguns anos atrás, era raro ver esse tipo de jogo deixando o Japão, então é interessante ver essa publisher se dedicando tanto a trazê-los, o que com certeza deve alegrar leitores ávidos de VNs.

Arte de Variable Barricade
Variable Barricade

Enfim, também recebemos anúncios de alguns jogos completamente novos. Ainda faltam mais de dois meses, mas parece até que já podemos sentir os ventos do Halloween soprando com jogos de terror (ou com pitadas do gênero) como Last Light e Asatsugutori. Além disso, a antologia Tsugunohi está finalmente ganhando uma merecida coleção/remaster no Steam em plena sexta-feira 13.

Com uma semana certamente feita para os fãs casca grossa de jogos japoneses, queremos saber o que mais deixou nossa equipe empolgada. Ademais, queremos aproveitar para lançar a pergunta: “Qual a sua visual novel favorita?“. Sinta-se livre para também responder esse questionamento nos comentários!


Pensamentos da Equipe

Mio

Difícil dizer qual é a minha visual novel favorita, mas gosto muito de títulos otome, como Code: Realize. Atualmente tenho jogado 428: Shibuya Scramble e confesso que estou gostando bastante! É uma forte candidata a se tornar minha VN favorita — ou uma delas.

Sobre as notícias, tivemos tantos anúncios de visual novel otome essa semana que eu não poderia estar mais feliz. Variable Barricade, por exemplo, é uma das que mais estou aguardando no ocidente. Quero tanto jogar que estava me segurando para não comprar em japonês mesmo. 🤭

Os anúncios de jogos de terror também me deixaram empolgada, como Last Light e Tsugunohi. Gosto muito de terror japonês — sejam jogos ou filmes, como O Chamado e Fatal Frame — com fantasmas ou seres do folclore japonês. Sinto que jogos assim eram mais presentes na época do PS2 e sinto bastante falta, por isso, é sempre bom ter mais títulos com essa premissa.

Ainda sobre os anúncios da semana, queria fazer uma menção honrosa a Pups & Purrs. Comprei em japonês com o objetivo de estudar palavras específicas do idioma já que me mudei para o Japão e tenho pet, mas no fim acabei me divertindo mais do que imaginei. Embora seja um pouco repetitivo, é um joguinho super fofo, perfeito para aqueles momentos em que a gente só quer se distrair sem precisar pensar demais. Me lembra muito Nintendogs (que eu amava) com elementos de Tokimeki Memorial Girl’s Side e Story of Seasons (arte e trilha sonora). Enfim, pra quem gosta de joguinhos simples e bichinhos, ou apenas quer se aprofundar nos estudos de japonês, essa com certeza é uma ótima aquisição!

Minato

Eu sou meio chato com visual novels, comigo elas são sempre “8 ou 80”. Isto é, ou eu gosto muito, ou abandono nos primeiros minutos. No geral, acho que fico um tanto dividido entre Steins;Gate e Fate/Stay Night quando penso em uma obra favorita do gênero.

Enfim, quanto às notícias da semana, posso dizer com segurança que estou muito empolgado por Asatsugutori e Last Light, além de curioso por Tsugunohi. Jogos de terror japoneses tendem a proporcionar uma experiência interessante, então vou ficar bem de olho nesses. No caso, aquele primeiro não é terror, mas tem uma “vibe” meio sinistra típica de alguns títulos da NIS.

Shin

Mais uma semana um pouco difícil para mim, já que não teve notícias sobre as franquias que acompanho ou até mesmo dos estilos de jogos que costumo jogar. Para não dizer que não teve nada, o jogo de terror fofo Last Light me pareceu interessante e talvez eu dê uma olhada mais de perto sem grandes expectativas!

Visual novels nunca foram meu forte e, sinceramente, acho que não tenho uma favorita. 😅

Tai

Esta foi realmente uma semana cheia de novidades para fãs de visual novels, principalmente otome. Joguei poucas VNs, mas uma que na época eu gostei muito foi Xblaze, ainda mais porque a história se conecta à de BlazBlue, uma série que eu adoro.

Ralph

Fiquei bem empolgado com as opções de customização que foram anunciadas para Melty Blood: Type Lumina, algo que não é muito comum de se ver em jogos de luta 2D com sprites.

Agora, a pergunta sobre visual novel favorita é cruel. Provavelmente depende de alguns aspectos específicos, mas diria que as minhas duas preferidas são Fate/Hollow Ataraxia e Higurashi When They Cry. Gosto de ambas por motivos bem distintos, mas, como obra completa, acho que Higurashi é superior.

Compartilhe:

Qual foi a sua reação?

amei amei
3
amei
haha haha
0
haha
meh... meh...
0
meh...
eita! eita!
0
eita!
quê? quê?
0
quê?
Michi the Shiba Inu

Presidente - e também mascote o site - essa sou eu, Michi. Pois é, você não esperava que um shiba inu fosse o dono de tudo isso, não é mesmo? Eu sei, eu sempre surpreendo. 🐶
ESTAMOS AO VIVO AGORA!
OFFLINE~