HOME > Outros > #DensetsuIndica: Rhythm Heaven Fever!

#DensetsuIndica: Rhythm Heaven Fever!

Se tem uma coisa que eu amo além de videogame e doces é a música. Desde pequena sempre escutei um pouco de tudo, mas meu gênero musical favorito é definitivamente o pop japonês, também conhecido como j-pop. E para alguém que respira música e ama jogos eletrônicos, o quão legal seria se um de seus produtores musicais favoritos participasse da criação de um jogo?

Entre meus 13 e 17 anos fui uma grande fã do grupo feminino japonês Morning Musume. Na época, o grupo era composto por 15 integrantes e eu as admirava tanto que, como uma garota de 13 anos, sonhava em ser uma cantora exatamente como elas (quem nunca, não é mesmo?). Para vocês entenderem um pouco do que estou falando, fica a sugestão de uma das músicas que mais gosto.

O amor pelo grupo abriu as portas para que eu conhecesse outros trabalhos da produtora Hello! Project (ou H!P, como são carinhosamente chamados), projeto criado pelo talentoso “Tsunku♂” com o objetivo de produzir somente grupos musicais femininos. Foi aí que descobri Terada Mitsuo, produtor de milhares de discos japoneses, compositor e também vocalista.

TsunkuTerada Mitsuo, ou “Tsunku♂” como é popularmente conhecido no Japão, é o quinto letrista mais vendido do país, possuindo um total de 37,9 milhões de cópias vendidas de singles compostos por ele. Também é o responsável por escrever músicas para cantoras que são conhecidas até hoje por lá, como Aya Matsuura e Ayumi Hamasaki. Ou seja, o cara é realmente bom.

No entanto, embora seja extremamente conhecido no universo da música pop japonesa, Tsunku não escreve somente para cantoras famosas. Ele também é o responsável pelo desenvolvimento de uma das franquias de jogos musicais mais conhecidas no mundo: a série Rhythm Heaven, que teve início no Nintendo DS. Se você é fã do trabalho dele, com certeza vai adorar esse game!

Sou suspeita para falar, pois sou apaixonada por essa franquia e já fui uma grande fã da música criada pelo Tsunku. Fico um pouco triste que Rhythm Heaven não seja tão conhecido como deveria e é exatamente por isso que no #DensetsuIndica de hoje vamos falar sobre o terceiro jogo da série (e também um dos meus favoritos): Rhythm Heaven Fever!

O jogo Rhythm Heaven Fever, assim como os títulos anteriores da série, foi desenvolvido pela Nintendo SPD em parceria com a TNX Music Recordings, outra empresa criada pelo nosso querido Tsunku. Lançado para Nintendo Wii, é o terceiro jogo da série, seguindo Rhythm Tengoku para Game Boy Advance e Rhythm Heaven para Nintendo DS. O título foi lançado no Japão em 21 de julho de 2011, vindo para o ocidente em 2012, mais especificamente em 13 de fevereiro na América do Norte, 6 de julho na Europa e 13 de setembro na Austrália.

Capa japonesa || Capa americana

Como mencionei antes, Rhythm Heaven é uma série de jogos musicais, ou seja, envolve música (dã!). Mas não é um jogo de dança não, é muito mais do que isso. É como se o Tsunku te amarrasse em uma cadeira de tortura e colocasse vários testes absurdos para verificar as suas habilidades psicológicas e motoras, tornando-se muitas vezes uma experiência ao mesmo tempo divertida, engraçada e, no mínimo, revoltante, caso você seja como eu que precisa alcançar a pontuação máxima em todos os minigames.

Assim como nos jogos anteriores da série, Rhythm Heaven Fever traz diversos minigames musicais, cada um com suas próprias regras, exigindo que o jogador aperte os botões (A e/ou B) do controle no momento certo. O problema é que, diferente dos jogos de músicas normais, Rhythm Heaven não traz nenhuma indicação visual de que essa é a hora certa para apertar os botões, tudo isso deverá ser feito de acordo com o ritmo da música, necessitando que o jogador esteja atento e de ouvidos bem abertos.

Tela inicial de Rhythm Heaven Fever

Passar de nível até pode parecer fácil já que o jogador só precisará alcançar uma pontuação básica considerada “OK” pelo sistema. No entanto, para ganhar medalhas e desbloquear conteúdos extras como Rhythm Toys, Endless Games e quatro músicas do Rhythm Tengoku original, os estágios deverão ser finalizados com uma pontuação “Superb”, ou seja, com o mínimo de erros possíveis.

Uma coisa legal é que as fases que estiverem com a pontuação “Superb” poderão ser escolhidas aleatoriamente pelo jogo para que o jogador realize uma tentativa de “Perfect”, onde deverá concluir os estágios sem nenhum erro e no máximo em 3 tentativas antes que o desafio desapareça. Caso o desafio seja concluído, desbloqueará outros itens de bônus, como músicas completas para ouvir e suas letras.

O problema é que conseguir “Perfect” nessa desgraça é difícil e revoltante, mas ao mesmo tempo é tão divertido que a gente fica lá tentando, tentando e tentando… Até passar por vários momentos de ódio profundo pelo jogo. 😛

Go for a Perfect!

Rhythm Heaven Fever é separado em 10 grupos de minigames, cada um composto por 5 músicas. Ao finalizar as 4 primeiras músicas de cada grupo, uma quinta música conhecida como “Remix” será liberada misturando elementos da jogabilidade das músicas anteriores. Essa é a parte que mais gosto, já que tudo o que você treinou antes é colocado em uma música só, tornando-se ainda mais divertido (e complicado).

Entre todos os “Remix” liberados, o Remix 10 (e também o último) é o mais legal de todos, pois ele mistura a maior quantidade de minigames e também tem a canção mais viciante de todo o jogo. Para vocês terem uma ideia de como esse remix é legal, ele acabou se popularizando bastante na internet e é conhecido até mesmo por quem nunca jogou o game:

E as coisas legais de Rhythm Heaven Fever não param por aí. O jogo também possui um modo multiplayer, permitindo que até dois jogadores se divirtam simultaneamente. Assim como no modo normal, os jogadores terão que alcançar uma pontuação mínima para abrir uma nova canção. O diferencial é que pontos de bônus são recebidos baseados na harmonia dos jogadores, ou seja, é bom que os dois estejam atentos e em sintonia durante o estágio para conseguir a maior quantidade de pontos possíveis. Além disso, o modo multiplayer possui seu próprio conjunto de medalhas que poderão desbloquear outros minigames com suporte multiplayer.

Rhythm Heaven Fever - Karate Man

Além de possuir músicas viciantes com características marcantes do Tsunku em suas composições e minigames extremamente divertidos, Rhythm Heaven Fever também traz as figuras mais ilustres já vistas, muitas delas trazidas dos jogos anteriores da série. É impossível não se apegar aos personagens do jogo, sejam os macaquinhos fofíssimos dentro do relógio ou aqueles que tocam tamborim, até samurais, peixes, naves espaciais, robôs, bolinhas sorridentes, fisiculturistas, rappers, líderes de torcida, e muitos outros.

Os personagens são inseridos em cenários específicos que combinam perfeitamente com a música e com a jogabilidade do minigame em questão, e em muitos casos trazem aspectos bizarros e extremamente cômicos em situações que jamais imaginaríamos. Alguns deles são tão engraçados e sem sentido que até se tornaram meme na internet! Tenho certeza de que você já viu o vídeo abaixo em algum lugar:

Devo mencionar, no entanto, que os lançamentos ocidentais do jogo tiveram as músicas traduzidas para o inglês. Portanto, se você prefere áudio em japonês, terá que jogar a versão japonesa dele. Mas não fique triste, pois as músicas foram muito bem adaptadas e a versão americana de Rhythm Heaven Fever também possui canções sensacionais!

A franquia é tão querida e tão bem recebida mundialmente que em 2016 Rhythm Heaven Fever recebeu um relançamento digital para Wii U tanto no Japão quanto no ocidente, disponível na eShop do Wii U por U$19.99. Além disso, um quarto jogo da série chamado Rhythm Heaven Megamix foi lançado para Nintendo 3DS trazendo minigames dos jogos anteriores Fever, Rhythm Tengoku e Rhythm Heaven DS, bem como músicas exclusivas. O jogo saiu em 2015 no Japão, chegou no ocidente em 2016 e está disponível na Nintendo eShop do 3DS por R$101,09.

Rhythm Heaven Megamix

Rhythm Heaven Fever é mais um jogo divertidíssimo de uma franquia incrível, ideal para jogar com os amigos e familiares. Não existe uma pessoa para quem eu tenha apresentado que não se divertiu e que não voltou na minha casa pedindo para “jogar de novo”. Caso você goste de jogos musicais como eu, não perca essa oportunidade. Tenho certeza de que esse jogo vai te render horas de diversão e boas risadas.

Já conhecia Rhythm Heaven Fever? Conta pra gente o que achou do game aqui nos comentários, no Twitter ou no Facebook!

E antes de ir embora, não deixe de conferir outras indicações no #DensetsuIndica! 😉

Compartilhe:
Mio
Mio
Tradutora, professora, redatora e fundadora da Densetsu. Apaixonada por música, jogos, dorama e cultura japonesa em geral. Mãe de um shiba inu e de um gatinho SRD com muito orgulho. ♥ Suas franquias favoritas são The Legend of Zelda, Just Dance, Bokujou Monogatari e Fatal Frame.
https://www.densetsugames.com.br/