HOME > Outros > PS Vita no Japão: sobrevida, visual novels e público de nicho

PS Vita no Japão: sobrevida, visual novels e público de nicho

PSVita no Japão

Você provavelmente já ouviu falar de um portátil chamado “PlayStation Vita”. O console criado pela Sony em 2011 é o sucessor do PlayStation Portable (A.K.A. PSP) e falhou miseravelmente em sua proposta, recebendo pouco investimento da própria Sony e de terceiros. Dessa forma, não houve rivalização entre ele e o portátil da Nintendo, o Nintendo 3DS, que reinava (e ainda reina) soberano nesse ramo. Graças à incapacidade da Sony de investir e administrar o seu portátil, o Vita estava fadado ao desastre desde que nasceu. Contudo, isso não quer dizer que ele esteja morto… Pelo menos não no Japão.

No mercado japonês o Vita vai bem, obrigada. Podia estar melhor, mas não está semimorto como muitos acreditam (essa realidade é do ocidente mesmo). Ele nunca conseguiu ultrapassar o Nintendo 3DS em vendas, mas ultrapassou o Wii U, um console de mesa, em 2016. Sua biblioteca é majoritariamente composta por jogos japoneses, o que já demonstra o interesse do público pelo console. Títulos como Gravity Rush, Persona 4 Golden (versão definitiva do título originalmente lançado para PS2), Persona 4: Dancing All Night e Danganronpa brilham no console e são um must have para quem o possui, e alguns destes títulos acabaram abrindo as asas e se estabelecendo no console principal da Sony, o PlayStation 4, o que os tornou ainda mais acessíveis.

Em questão de potência e gráficos, o Vita é um pequeno notável. Superior ao Nintendo 3DS em gráficos, sua bateria também é mais poderosa, durando bem mais do que a bateria do portátil da Nintendo. Ele também possui multitarefa, diferente do 3DS, e seu sistema é mais rápido e fluido. O desempenho, navegação e execução de jogos do Vita são, em suma, melhores, e o portátil da Sony é mais personalizável, permitindo baixar wallpapers da Internet e personalizar os menus do aparelho de forma mais pessoal.

O Vita teve três modelos lançados: o original (popularmente conhecido como Fat), um modelo compatível com 3G e, por fim, uma versão Slim com melhorias na bateria, mais leve, tela LCD e com diversas cores disponíveis; basicamente um rework do portátil. Além disso, foi criado também o PS Vita TV, uma versão do Vita como console de mesa que foi uma tentativa da Sony de ampliar o público do Vita com um custo mais baixo. DualShock 3 e 4 podiam ser utilizados, e jogos que não exigissem microfone, giroscópio ou câmera podiam ser jogados através do Vita TV sem problemas. Foi descontinuado no Japão em 2016.

Cores disponíveis do PS Vita no Japão

Pequenos desenvolvedores ainda trabalham para o Vita; o console se tornou a opção mais amigável para “indie” games. Além disso, grandes companhias como a ATLUS anunciam títulos para o console em pleno 2018, e tudo isso contribui para o crescimento dele. Isso sem mencionar a quantidade absurda de visual novels/otome games que estão disponíveis no Vita: Bad Apple Wars, Collar x Malice, Amnesia: Memories, Hakuoki: Kyoto Winds e Edo Blossoms, Code: Realize – Guardian of Rebirth (que acaba de migrar para o PlayStation 4 com o título Bouquet of Rainbows e de ser relançado para o Vita com mais conteúdo exclusivo de fan discs sob o título de Future Blessings), Psycho-Pass: Mandatory Happiness, Period: Cube, Zero Escape: Virtue’s Last Reward, Steins;Gate, Norn9: Var Commons, Danganronpa: Trigger Happy Havoc… E esse número já está aumentando com os anúncios de 7’sCarlet, Psychedelica of the Ashen Hawk e Psychedelica of the Black Butterfly, que devem chegar em 2018 no ocidente. E se você está feliz ao saber disso, saiba que o Vita está vivo nas Américas e na Europa graças à Aksys Games!

Jogos japoneses para PS Vita

A Aksys é a publisher responsável por trazer diversos jogos de Vita ao ocidente, traduzindo, adaptando e cuidando da localização. Sem ela, muitos jogos menores ou considerados “de nicho” jamais veriam a luz do dia no ocidente. Fundada em 2006, ela trabalha com grandes empresas como a ATLUS, Bandai Namco e é parceira da Arc System Works. Graças à ela, títulos interessantes do PS Vita não são esquecidos apenas no Japão.

Para aqueles que gostam de jogos japoneses, o Vita é um prato cheio com J-RPGs, visual novels, jogos de ação e ainda uma biblioteca retrocompatível com títulos de PSP e PlayStation 1, sem contar os remasters e remakes disponíveis para ele (como Final Fantasy X/X-2 HD Remaster, Odin Sphere: Leifthrasir e Muramasa Rebirth). Por exemplo, graças à retrocompatibilidade, com um PlayStation Vita você pode se iniciar na franquia Persona tendo acesso à Shin Megami Tensei: Persona, Persona 2: Eternal Punishment, Persona 2: Innocent Sin, Persona 3 Portable (original de PSP) e Persona 4 Golden (port melhorado do original de PS2), além do peculiar Persona 4: Dancing All Night (título que mistura visual novel e jogo de ritmo).

Persona 4: Dancing All Night para PS Vita

Tristemente, o Vita não receberá mais jogos gratuitos na PlayStation Plus à partir de 2019, o que pode indicar o abandono definitivo da Sony pela plataforma e a priorização do VR. Contudo, estes são alguns lançamentos orientais que estão chegando ao Vita em 2018/2019 e você poderá jogá-los… Se forem localizados, claro. Podem começar a rezar para a Santa Aksys! PS: Alguns deles JÁ foram lançados!

Persona 3: Dancing Moon Night; Persona 5: Dancing Star Night; Catherine: Full Body; Psychedelica of the Ashen Hawk; Psychedelica of the Black Butterfly; 7’sCarlet; Bloodstained: Ritual of the Night; Code: Realize – Future Blessings; Hakuoki: Edo Blossoms; Digimon Story: Cyber Sleuth – Hacker’s Memory; Steins;Gate Elite; Atelier Lydie & Suelle: Alchemists of the Mysterious Painting; World End Syndrome.


Sobre a autora

 

Anne é redatora no The Magic Scroll sobre videogames, Pokémon Master, Crosser, main D.Va, handheld gaming enthusiast e dona orgulhosa de um Nintendo 2DS e um PS Vita. ♡

Twitter: @Katmilla_ / Instagram: @katmilla_
Site oficial: The Magic Scroll / Twitter: @TheMagicScroll

Compartilhe:
Densetsu
Densetsu
Se você gosta de escrever, é fã de jogos eletrônicos japoneses e gostaria de ver o seu texto publicado em nosso site, entre em contato conosco através do Facebook/Twitter ou envie o seu texto através do e-mail contato@densetsugames.com.br!
https://www.densetsugames.com.br