HOME > Outros > Conheça os jogos cancelados da franquia Mega Man

Conheça os jogos cancelados da franquia Mega Man

Imagem de um dos jogos cancelados da franquia Mega Man

Mega Man, ou Rockman como é conhecida a franquia no Japão, esteve nos seus anos mais recentes sem muitas novidades. Isso, no entanto, parece que pode estar presta a mudar já que o herói retornará em Mega Man 11 este ano e na coletânea Mega Man X Collection. Muitos fãs, inclusive este que vos escreve, esperam que isso seja um sinal de que a Capcom está disposta a produzir mais títulos da franquia, incluindo continuar as consagradas séries Mega Man X Mega Man Legends.

Com 30 anos de existência, diversos tipos de jogos com o famoso robô azul foram lançados, mas não é sobre esses que queremos falar hoje. Como toda grande franquia, alguns projetos acabaram ficando somente no papel. E enquanto alguns desses não tenham parecido uma ideia muito boa de qualquer forma, outros realmente deixam fãs desapontado por nunca terem sido lançados.

Tal como fizemos com alguns da série Silent Hill em nosso artigo anterior (que você pode checar aqui), vamos conhecer agora quatro jogos cancelados da franquia Mega Man:

Maverick Hunter

 

Possivelmente o jogo mais impressionante desta lista, pro bem ou pro mal.

Parece que em um certo ponto, por volta de 2010, a Capcom estava procurando formas de reviver algumas de suas mais famosas propriedades intelectuais com novos jogos que reinventassem suas franquias, principalmente para o público ocidental. Foi nesse mesmo ano que, no mês de setembro, foi anunciado oficialmente DmC: Devil May Cry, o quinto jogo da série protagonizada pelo icônico caçador de demônios Dante, dessa vez desenvolvido pelo estúdio britânico Ninja Theory. O jogo deu, e continua dando, o que falar entre fãs da série por ter “re-imaginado” vários aspectos familiares, mudando completamente alguns de seus personagens, incluindo o próprio Dante. Mas você sabia que Devil May Cry quase que não foi o único título da Capcom alterado drasticamente para o ocidente?

Versão "re-imaginada" de X no cancelado "Maverick Hunter"

Conheça “Maverick Hunter”, um jogo de tiro em primeira-pessoa que estava sendo desenvolvido pela equipe responsável por Metroid Prime. De forma semelhante a Prime, que foi o primeiro jogo da franquia Metroid a ser desenvolvido por um estúdio ocidental e que introduziu o gênero FPS (first-person shooter) à série, “Maverick Hunter” apresentaria o mundo robótico de Mega Man X de uma forma um tanto mais séria e com gráficos realistas.

A desenvolvedora por trás desse novo título era a norte-americana Armature Studio, e eles pretendiam trazer de volta conceitos familiares dos jogos originais — como o canhão X-Buster e o dash de X — ao lado de novas interpretações de elementos do gênero de plataforma e personagens da série Mega Man X.

Versão "re-imaginada" de X no cancelado "Maverick Hunter"

Com um visual criado pelo artista Adi Granov, conhecido por suas ilustrações do super-herói Homem de Ferro, X seria acompanhado de um policial humano em uma aventura repleta de robôs inimigos dos quais o jogador poderia roubar as armas e habilidades especiais para finalizá-los durante batalhas.

Detalhes sobre a história são desconhecidos, mas sabe-se que uma trilogia estava sendo planejada, com o jogo final sendo protagonizado por Zero. De forma semelhante à spin-off Mega Man Zero, Zero teria que enfrentar um X incrivelmente poderoso e infinitamente inteligente.

Caso queira saber mais detalhes sobre “Maverick Hunter”, dê uma olhada no artigo do site Polygon (em inglês) que revelou a existência do projeto.

O vídeo abaixo mostra um pouco da ação em primeira-pessoa que estava em desenvolvimento:

Mega Man Legends 3

 

Conhecida no Japão como Rockman DASH, a série Mega Man Legends segue a história de Mega Man Volnutt e sua parceira Roll Caskett enquanto viajam pelo mundo em busca de fontes de energia conhecidas como “Quantum Refractors”, enfrentando inimigos no caminho como os robôs “Reaverbots” e os criminosos “Air Pirates”.

O último jogo principal da série, Mega Man Legends 2, foi lançado em 2000 para o PlayStation e desde então fãs esperam por um sucessor, que é o que o cancelado Mega Man Legends 3, anunciado em 2010 para o 3DS, deveria ter sido.

Arte promocional de Mega Man Legends 3

A Capcom trouxe uma proposta inovadora com o terceiro título da série: fãs, através de um site conhecido como “Legends Devroom”, teriam a chance de ajudar no desenvolvimento, participando de concursos para decidir o design da nova personagem Aero, inimigos e chefões, criar biografias e frases cativantes para os NPCs habitantes da cidade, dar ideias para easter eggs, e mais!

Infelizmente, em julho de 2011, através de uma postagem no blog do grupo oficial da Devroom, a Capcom anunciou o cancelamento de Mega Man Legends 3, citando que parte do processo de desenvolvimento incluía avaliação sobre se o título entraria em produção completa baseada em um número de critérios por parte de diferentes setores da empresa. Obviamente, a Capcom não sentiu que o projeto cumpria tais critérios e, então, foi engavetado com a empresa decidindo também não usar qualquer uma das ideias propostas por fãs em jogos futuros.

Arte do personagem Barrett de Mega Man Legends 3

Com um fim infeliz, a Capcom eventualmente fechou os sites da Devroom, deixando apenas o fórum americano aberto indefinitivamente. Um grupo no Facebook chamado “Get Me Off The Moon” fez de tudo para tentar chamar a atenção da Capcom — ilustrações, músicas, vídeos, e até jogos.

Alguns fãs japoneses há quase 5 anos continuam a se dedicar em uma reprodução em 3D do protótipo de Mega Man Legends 3 feita na engine Unity3D. Dê uma olhada no vídeo promocional deles abaixo:

Rockman Online

 

Como o nome já indica, Rockman Online seria um MMORPG com personagens da franquia Mega Man, incluindo o popular Mega Man X. O jogo estava sendo desenvolvido pelo estúdio coreano Neowiz Games, responsável por títulos como Battlefield Online e os dois primeiros jogos da série FIFA Online, todos esses três já com seus servidores fechados.

O jogo seguiria o gênero de plataforma pelo qual a franquia é conhecida, e jogadores poderiam escolher personagens favoritos como Mega Man X, Zero, Axl e outros para se aventurarem juntos por fases cheias de inimigos. Algo familiar para quem já jogou MMOs side-scrollers como o popular Elsword.

Captura de tela do jogo Rockman Online.

Apesar da Neowiz ter ido longe em seu desenvolvimento, acredita-se que a reestruturação da empresa em 2012 afetou Rockman Online, levando-o a ser oficialmente cancelado em março de 2013.

O título não aparentava estar revolucionando de qualquer forma a franquia ou o gênero MMO, mas talvez poderia ter sido ao menos divertido para fãs. Bom… por um lado bom, ganhamos um lindo trailer animado que nos faz não só imaginar um jogo online da franquia, como também um anime moderno baseado na série clássica:

Mega Man Universe

 

Por fim, temos Mega Man Universe. Anunciado em 2010 com um teaser trailer que não mostrava nada do jogo além de que incluiria não só o epônimo Mega Man e outros da série, mas também personagens de outras franquia da Capcom, como Ryu de Street Fighter e Arthur de Ghosts ‘n Goblins, e até o Mega Man da capa americana do primeiríssimo jogo da franquia.

O jogo continuaria no gênero de plataforma com gráficos 2.5D, semelhante a Mega Man Powered Up, e elementos dos jogos clássicos. Jogadores poderiam controlar diferentes versões do herói titular, canda uma com jogabilidade diferente, e os já mencionados protagonistas de Street Fighter Ghosts ‘n Goblins. Eventualmente também foi revelado que seria possível a criação de personagens customizáveis, misturando partes de vários personagens da franquia.

Personagens de Mega Man Universe

O estilo artístico do jogo recebeu resposta negativa dos fãs e, após tê-lo mostrado na Tokyo Game Show 2010, a Capcom passou meses sem divulgar novidades. Nesse tempo, a empresa afirmou múltiplas vezes que Universe ainda estava em desenvolvimento e passando por algumas mudanças.

Depois disso, não demorou para que a empresa, em março de 2011, enviasse uma mensagem anunciando que o título havia sido cancelado por várias razões. Um motivo claro não foi dado, mas especula-se que o trágico Grande Terremoto do Leste do Japão ocorrido no mesmo mês contribuiu para o cancelamento, tal como aconteceu com vários jogos de outras empresas.

Qual desses jogos cancelados da franquia Mega Man você mais gostaria que tivesse sido lançado?

Conte pra nós nos comentários abaixo ou nas redes sociais (Facebook / Twitter).

 

Compartilhe:
Minato
Aspirante a escritor e jornalista. Minato é um amante de jogos, cinema, seriados, histórias em quadrinhos, música e tudo relacionado ao Japão. É uma fábrica de ideias que está sempre produzindo cada vez mais, apesar de não colocar nem metade em prática. Seus jogos favoritos são Persona 3, Okami, Steambot Chronicles, Shin Megami Tensei: Nocturne, Portal 2 e a série Kingdom Hearts.