HOME > Outros > Como críticas na internet afetaram Final Fantasy VIII

Como críticas na internet afetaram Final Fantasy VIII

A edição mais recente da revista Famitsu traz uma entrevista com Kazuhige Nojima, o autor de Final Fantasy VIII, onde ele fala sobre sua primeira vez navegando pela internet e como isso veio a influenciar seu trabalho no oitavo título principal da popular franquia de RPG da Square Enix.

Após adquirir um PC, Nojima se empolgou para ver o que usuários de fóruns estavam falando sobre seus jogos, se deparando com várias críticas relacionadas principalmente a Final Fantasy VII. As pessoas criticavam, por exemplo, uma tragédia específica na história do jogo e a grande quantidade de flashbacks.

Screenshot de Final Fantasy VII

Levando esse feedback dos fãs em consideração, Nojima decidiu não matar nenhum personagem principal na história do oitavo jogo, além de evitar o uso excessivo de flashbacks.

Adicionalmente, o escritor revela que a história originalmente teria focado bastante no personagem Laguna Loire, mas uma grande parte acabou sendo cortada. Nojima diz que se pudesse adicionar um episódio adicional ao jogo, seria sobre a vida de Laguna.

Screenshot de Final Fantasy VIII Remastered

Falando sobre Rinoa Heartilly, personagem favorita entre muitos fãs do jogo, Nojima diz que muitos de seus aspectos nasceram a partir do que os membros masculinos da equipe achavam “fofo”, levando bronca das mulheres da equipe que notavam que uma garota de mini-saia não poderia se mover daquela forma.

Em retrospecto, o escritor reconhece que deveriam ter incluído mais desenvolvedoras na equipe.

Screenshot de Final Fantasy VII

A revista inclui uma entrevista adicional com o diretor Yoshinori Kitase, onde ele fala sobre a possibilidade de uma remake no estilo de Final Fantasy VII Remake. Dê uma olhada aqui.

Final Fantasy VII foi lançado originalmente em 1999 para PlayStation no Japão. Recentemente, em 2019, uma versão remasterizada foi disponibilizada para PS4, Nintendo Switch, Xbox One e PC. Confira nosso review.

Compartilhe:
Avatar
Minato
Aspirante a escritor e jornalista. Minato é um amante de jogos, cinema, seriados, histórias em quadrinhos, música e tudo relacionado ao Japão. É uma fábrica de ideias que está sempre produzindo cada vez mais, apesar de não colocar nem metade em prática. Seus jogos favoritos são Persona 3, Okami, Steambot Chronicles, Shin Megami Tensei: Nocturne, Portal 2 e a série Kingdom Hearts.