HOME > Outros > Entrevistas > Entrevista | O que podemos esperar de Temtem, o MMO inspirado por Pokémon?

Entrevista | O que podemos esperar de Temtem, o MMO inspirado por Pokémon?

Temtem entrevista

Mês passado, a desenvolvedora espanhola CremaGames anunciou Temtem, um novo jogo online (MMO) inspirado por Pokémon. Jogadores finalmente poderão realizar o sonho de embarcar em uma jornada, capturar monstrinhos e participar de batalhas ao lado de amigos, sem ser em um dos tantos MMOs não-oficiais da franquia de monstros de bolso da Nintendo.

Através de uma campanha de financiamento coletivo de sucesso no site Kickstarter, o jogo está próximo de sair do forno para ambas as plataformas PC (via Steam), Nintendo Switch, PlayStation 4, e Xbox One. Nós tivemos a oportunidade de conversar com o CEO Enrique Paños e fazer algumas perguntas sobre como será o novo jogo da CremaGames.

Logo de Temtem

Quando perguntado sobre o que inspirou a equipe a começar a desenvolver um MMO inspirado por Pokémon, Paños nos disse que simplesmente decidiram “fazer o que fãs estiveram pedindo por anos”.

Mas será que algum outro jogo além de Pokémon influenciou o desenvolvimento do jogo? Segundo o CEO, essas influências se encontram em sua maioria apenas nos detalhes. Porém, se a meta adicional de “Clubes” for alcançada, essa mecânica trará algo inspirado pela “Guerra do Emperium” de Ragnarok Online, uma batalha semanal especial no antigo MMO onde jogadores se enfrentam em nome de suas guildas para dominar castelos, dando um quartel general físico em jogo para os grupos.

O que torna o mundo de Temtem diferente de Pokémon?

Enrique Paños: “O mundo é completamente novo, a história e os Temtem também, mas temos algumas diferenças que também são importantes:

  • Co-op Online: Já que o jogo é focado em batalhas de 2v2, co-op se encaixa perfeitamente. Os dois jogadores irão jogar juntos em todo combate.
  • Sistema de Batalha: Apesar do Sistema de Batalha ser herdado de Pokémon (de turno, 2v2…), estamos modificando algumas das regras básicas. A mais importante e a que terá um impacto maior é a remoção de todos os fatores aleatórios (dano crítico, efeitos de status com chance de %, evasão, acurácia…). Isso requer muitos ajustes pequenos no sistema e novas mecânicas para que no fim a Batalha pareça bem diferente enquanto mantém a mesma essência.
  • Moradia: Você terá a chance de ter a sua própria casa na vizinhança, e decorá-la do seu jeito. Você também poderá visitar qualquer casa de jogador com nosso sistema de vizinhança.
  • Guildas: Ainda não foi confirmado, mas parece que poderíamos esmagar a meta adicional de 400 mil e Guildas serão implementadas. Nossa visão para guildas inclui adicionar Dojos especiais pelo mundo que poderiam ser conquistados por Guildas em guerras semanais.”

As mudanças no sistema de batalha devem agradar jogadores familiarizados com a cena competitiva de Pokémon, já que Temtem também contará com batalhas ranqueadas.

Gameplay de Temtem

Quanto à customização de personagem, jogadores ficarão felizes em saber que poderão customizar vários aspectos de seus avatares no mundo virtual de Temtem, incluindo tipo de personalidade, forma do corpo, rosto, cabelo e roupas, podendo até fazer cosplay de seus monstrinhos favoritos do jogo.

Gif exibindo personagens customizados de Temtem

 

Temtem irá se passar no grande “Airbone Archipelago”, um arquipélago consistido de 6 ilhas flutuantes onde os adoráveis monstrinhos e humanos vivem juntos em paz. Cada ilha poderá levar domadores a mundos completamente diferentes, desde o paraíso mediterrâneo de Deniz até a terra desolada em cinzas de Tucma.

Airborne Archipelago de Temtem

Porém, perigo aguarda. Assim como Pokémon tinha o terrível Team Rocket, Temtem contará com o Clã Belsoto, uma organização suspeita e enigmática cujo o verdadeiro líder ninguém sabe quem é. Infelizmente, jogadores não poderão se juntar à equipe maligna, mas quem sabe poderão criar seu próprio grupo antagonístico caso a meta adicional de Clubes seja alcançada?

O jogo irá receber mais conteúdo após o lançamento?

“Vamos ouvir a comunidade para implementar o que eles preferem. Poderia ser mais ilhas, poderia ser novas mecânicas, vamos ver. No momento preferimos focar em finalizar nossa visão para o jogo e então pensar nisso.”

Mais conteúdo sempre é bom, mas o jogo por si só já parece ter muita coisa que com certeza deixará jogadores ocupados por muito tempo. Segundo Paños, eles planejam fazer mais de 140 criaturas, com uma lista ainda não fechada ou decidida. Diferente da franquia da Nintendo que a cada jogo principal temos uma nova geração com novos monstrinhos, o jogo da CremaGames poderá trazê-lo já no mesmo título, junto de novas regiões.

Finalmente, será que existe chance de Temtem se tornar uma franquia também? Se expandindo para diferentes gêneros, tal como jogos de cartas, etc. (notando que Temtem são guardados em objetos semelhantes a cartas). “Não está decidido ainda, mas adoraríamos fazer isso.”, diz o CEO.

Temtem está em desenvolvimento  para PC (via Steam), Nintendo Switch, PlayStation 4, e Xbox One, com planos para crossplay entre essas plataformas. Uma fase de testes alfa irá começar em novembro de 2018, com financiadores que contribuíram com 30 dólares ou mais no Kickstarter podendo acompanhar em primeira mão. Um lançamento em acesso antecipado está sendo planejado para setembro de 2019, com um lançamento final em maio de 2020.

Agradecemos a Enrique Paños e sua equipe da CremaGames por terem nos concedido esta entrevista e esperamos que o desenvolvimento deste jogo incrível siga firme!

Links oficiais:

Compartilhe:
Minato
Aspirante a escritor e jornalista. Minato é um amante de jogos, cinema, seriados, histórias em quadrinhos, música e tudo relacionado ao Japão. É uma fábrica de ideias que está sempre produzindo cada vez mais, apesar de não colocar nem metade em prática. Seus jogos favoritos são Persona 3, Okami, Steambot Chronicles, Shin Megami Tensei: Nocturne, Portal 2 e a série Kingdom Hearts.