The King of Fighters XV quebrará todas as expectativas

Impressões do recente teste open beta.


Em antecipação ao lançamento de The King of Fighters XV, a SNK recentemente liberou um teste beta aberto para o tão aguardado jogo de luta no PlayStation 5 e PS4. Assim, entre os dias 19 e 22 de novembro, fãs como eu puderam aproveitar para ver em primeira mão como está a jogabilidade do próximo título da popular franquia que chegará em 17 de fevereiro de 2022.

Neste artigo, compartilharei com vocês minhas primeiras impressões sobre o jogo. Entretanto, vale notar que, por ser uma versão beta, certos aspectos do título podem sofrer algumas alterações e melhorias no lançamento definitivo.

Screenshot de The King of Fighters XV

Rostos novos e antigos

The King of Fighters XV representa o segundo capítulo da saga protagonizada pelo lutador Shun’ei, dando continuidade aos eventos da história do título anterior da série. A trama ainda é um mistério, mas já foram confirmados para o elenco de personagens ambos rostos familiares e inéditos da franquia, todos divididos em trios para participar da mais nova edição do torneio KOF.

No total, jogadores terão 39 opções de lutadores, com outros vindo mais tarde na forma de conteúdo adicional. Como parte do beta aberto, apenas oito foram disponibilizados: o herói Shun’ei, a novata Dolores e os membros das equipes “Sacred Treasures” e “Orochi”, compostas em grande parte por personagens icônicos da série.

Screenshot de The King of Fighters XV

Fãs de longa data ficarão felizes com o retorno dos lutadores veteranos, já que eles mantém suas técnicas tradicionais. Enquanto isso, Dolores surpreende com uma boa gama de ataques interessantes que podem lhe tornar a nova favorita de alguns.

As lutas evoluem

Reutilizando a fórmula de The King of Fighters XIV, o décimo-quinto título da série faz um bom trabalho adaptando personagens de seu antecessor. Além dos lutadores, certos sistemas do jogo anterior também retornam ao novo com algumas novidades, como é o caso do tradicional “Max Mode”, que permite ao jogador aumentar temporariamente a força de seu personagem.

Screenshot de The King of Fighters XV

Tal como em KOF XIV, o jogador pode ativar a habilidade ao pressionar simultaneamente os botões de soco forte, chute forte e o direcional para trás. Entretanto, diferente da versão anterior, a mecânica passa a custar duas barras do medidor de ataques especiais para ser utilizada, ao invés de uma.

Em adição, enquanto o “Max Mode” de The King of Fighters XIV era necessário para a execução de técnicas “Ex Special Moves”, isso muda em KOF XV. Agora, o jogador pode utilizá-las a qualquer momento por metade da barra de ataques especiais.

Screenshot de The King of Fighters XV

Finalmente, uma mecânica variante chamada “Max Mode (Quick)” também dá as caras no título, podendo ser ativada imediatamente ao aplicar um golpe contra o adversário. Com isso, jogadores, por um tempo mais limitado, podem executar uma variedade de combinações de ataques com maior facilidade e alternar movimentos que antes eram impossíveis. Aqueles que já jogaram The King of Fighters XIII podem achar esse sistema semelhante ao do “Hyper Drive Mode”.

Entender e dominar essas mecânicas pode ser um pouco complicado no início. Felizmente, The King Of Fighters XV oferece tutoriais que ensinam bem todos os aspectos da jogabilidade. Além disso, o game conta com um complexo modo de treinamento que ajudará aqueles que desejam aperfeiçoar suas habilidades.

Beleza e estilo

Screenshot de The King of Fighters XV

Apesar de The King of Fighters XIV ter sido bem recebido por sua jogabilidade sólida, uma parte criticada do jogo foi o departamento visual. Ambos fãs e críticos não pouparam palavras para criticar os modelos 3D e design dos personagens, considerando-os inferiores aos de títulos anteriores, e a SNK parece ter levado essas críticas a sério ao desenvolver o novo jogo da série.

Adotando o motor gráfico Unreal Engine 4, também utilizado por Tekken 7, Street Fighter V e vários outros jogos de luta modernos, KOF XV traz um belo upgrade visual para todos os personagens. Os incríveis modelos 3D dão vida a uma variedade de designs empolgantes, tanto de figuras favoritas dos fãs, como também de novas adições ao elenco.

Alguns lutadores icônicos receberam visuais inéditos, como é o caso do antigo protagonista Kyo Kusanagi, que retorna a um estilo remanescente de sua aparência original. Adicionalmente, os personagens novatos chamam atenção com suas roupas memoráveis.

Screenshot de The King of Fighters XV

Ademais, as melhorias visuais não acabam nos modelos e designs, já que o jogo também esbanja estilo com suas animações e efeitos especiais. Cada aspecto dos personagens e do cenário são muito mais detalhados em comparação ao título anterior, tornando o game não apenas divertido de jogar, mas também de assistir.

Finalmente, não poderíamos deixar de mencionar um aspecto que nunca desaponta na série: a trilha sonora. The King of Fighters XV, mantendo a tradição da franquia, traz uma variedade de canções empolgantes, com o beta aberto já nos permitindo ouvir as músicas temas dos trios “Hero”, Rival”, “Sacred Treasures”, “Orochi” e “GAW”. Além disso, surpresas para os fãs incluem versões remixadas de clássicos, incluindo “Good By Esaka” e “Bloody”.

The King Of Fighters XV mostra que a SNK ainda toma cuidado para produzir bons títulos do gênero. A jogabilidade continua bem eletrizante e as novas mudanças fazem com que veteranos e novatos consigam se adaptar muito bem aos conflitos. Contudo, algumas coisas fazem falta, como a opção de selecionar a ordem dos personagens entre lutas e de escolher a música do estágio.

Enfim, amantes de fighting games já podem preparar o bolso para 2022, pois parece que KOF XV continuará com a boa tradição da franquia. Se você nunca experimentou a série antes, saiba que este novo título não deixará de abrir as portas para novatos, lhes permitindo aprender a dominar o ringue facilmente.

Compartilhe:

Qual foi a sua reação?

amei amei
1
amei
haha haha
0
haha
meh... meh...
0
meh...
eita! eita!
0
eita!
quê? quê?
0
quê?
Erick Figueiredo

Estudante de jornalismo, fã de café e dono do canal Carinha que Joga. É um fã incondicional de Sonic, tendo Sonic Adventure 2 como seu jogo favorito de toda a franquia. Gosta de quase todos os estilos de games, sendo principalmente um grande fã de JRPGs. Breath of Fire IV e Final Fantasy VIII são 2 de seus RPGs favoritos. Também curte a série MGS, Blazblue, Persona, Megaman e outras.
ESTAMOS AO VIVO AGORA!
OFFLINE~