HOME > PC > Catherine para PC recebe classificação etária da ESRB

Catherine para PC recebe classificação etária da ESRB

Erica Anderson de Catherine

Seguido do possível tease de ontem que parecia sugerir um lançamento de Catherine para PC, a ESRB (organização responsável pela classificação etária de jogos eletrônicos na América do Norte) agora classificou uma versão do jogo de puzzle da Atlus para computadores.

Colocando-o na classificação Mature (17+) pela exibição de sangue, nudez parcial, temas sexuais, forte linguajar, uso de álcool e violência, a empresa, como de costume, providenciou uma descrição de classificação que traduzimos para o português:

Este é um jogo de quebra-cabeça e aventura no qual jogadores assumem o papel de Vincent, um homem com problemas de relacionamento que se manifestam em seus sonhos. O jogo alterna entre cenas animadas e fases de quebra-cabeça (pesadelos); no mundo dos pesadelos, jogadores devem ajudar Vincent a subir torres desmoronando ao puxar, empurrar, e escalar blocos para alcançar a saída. Se jogadores fizerem um movimento errado, eles podem ser mortos por armadilhas de espinhos e criaturas chefes gigantes (ex: uma noiva demônio, um bebê carregando uma motosserra); cenas de morte são acompanhadas por exagerados salpicos de sangue enquanto Vincent é apunhalado, esmagado, atirado, ou mordido. Durante uma cena, uma personagem é apunhalada no estômago com uma faca; uma grande poça de sangue rapidamente se forma por debaixo de seu corpo.

Para se mover mais rápido nas fases de quebra-cabeça, jogadores podem pedir a Vincent bebidas alcoólicas (ex: coquetéis misturados, cerveja, saquê, uísque); após três bebidas, ele começa a cambalear enquanto se move. Essas sequências são acompanhadas por uma narração: “Dizem que ‘virar’ o álcool de uma vez não faz bem, mas às vezes é necessário” e “Tome um gole de conhaque!”.

Ao decorrer do jogo, sexo e sexualidade são frequentemente referenciados, às vezes enquanto dois personagens estão na cama juntos (ex: “Eu finalmente me tornei um homem! Me livrei da minha ‘carteirinha de V’, BUM”, “Se a pessoa que você ama confessasse um hábito sexual que você acha absolutamente inaceitável, o que você faria?” e “Depois de tudo que você fez com o meu corpo… Noite após noite…”). Uma sequência no quarto mostra as pernas de um homem, e então seus dedos se mexendo; outra cena brevemente exibe uma mulher acariciando seu corpo enquanto faz comentários sugestivos (ex: “Eu tenho um desejo ardente por esses sentimentos… Eu sei que você também tem alguns desejos, não tem?”). O jogo também exibe o personagem central encurralado por demônios femininos sem a parte de cima — porém, efeitos de sombra ocultam a maioria dos detalhes.

As palavras “f**k” e “sh*t” podem ser ouvidas no diálogo.

Catherine foi lançado originalmente em 2011 para PlayStation 3 e Xbox 360, podendo também ser jogado no Xbox One através de retrocompatibilidade. Uma versão aprimorada, intitulada Catherine: Full Body, será lançada no dia 14 de fevereiro no Japão para PS4 e PS Vita, com um lançamento mundial programado ainda para 2019, sem uma data específica anunciada até o momento.

Compartilhe:
Avatar
Minato
Aspirante a escritor e jornalista. Minato é um amante de jogos, cinema, seriados, histórias em quadrinhos, música e tudo relacionado ao Japão. É uma fábrica de ideias que está sempre produzindo cada vez mais, apesar de não colocar nem metade em prática. Seus jogos favoritos são Persona 3, Okami, Steambot Chronicles, Shin Megami Tensei: Nocturne, Portal 2 e a série Kingdom Hearts.