HOME > Outros > Entrevistas > Conheça o jogo brasileiro Memories of Kami em nossa entrevista com a Yokai Collective

Conheça o jogo brasileiro Memories of Kami em nossa entrevista com a Yokai Collective

Logo do jogo Memories of Kami

Recentemente, tivemos a oportunidade de entrevistar o estúdio independente brasileiro Yokai Collective que está desenvolvendo um jogo 2D de plataforma intitulado Memories of Kami, the Origami Legend.

Em Memories of Kami, jogadores entrarão em Kami, um mundo mágico habitado por Origamis (criaturas de papel), assumindo o papel dos nove Guardiões da Glória que devem se unir para proteger o mundo da “Grande Contaminação” e de outras forças malévolas que ameaçam destruir o paraíso de Kami.

O jogo permitirá que jogadores troquem de personagem, podendo escolher qualquer um dos nove animais que representam os Guardiões da Glória.

As ideias para Memories of Kami começaram a surgir antes do próprio estúdio em meados de 2015, quando o desenvolvedor Israel T. trabalhava como level designer. Ele decidiu experimentar a mecânica de troca de personagens – algo que ele via sendo pouco usado – que surgiu a Yokai Collective Studio.

Dê uma olhada em nossa entrevista:

O nome da equipe, “Yokai”, é uma referência a criaturas de lendas do folclore japonês. Desde que formaram a equipe, já planejavam fazer um jogo inspirado nessa cultura oriental?

Os Yokai são criaturas fascinantes, igual a nosso folclore também repleto de seres magníficos. Eles foram escolhidos para ser a representação do estúdio por terem esse caráter misterioso, educativo e de entretenimento. É um lembrete constante da essência que buscamos na produção dos nossos games daqui pra frente.

Como será a jogabilidade de Memories of Kami?

Memories of Kami, the Origami Legend é um jogo que se passa nesse paraíso chamado Kami que, de tempos em tempos, é vítima de Incidentes. Os Incidentes são as energias negativas de outros mundos que contaminam Kami. Esse mundo tem nove protetores que são os Guardiões da Glória e eles combatem os Incidentes.

Os Guardiões são muito poderosos, e até aí tudo bem. O problema é que a cada mil anos Kami é atacado por uma “Grande Contaminação”, e essa sim é muito perigosa, demais, destruindo e matando muito. Os Guardiões só conseguem exterminar essa contaminação juntos, mas dessa vez, ela veio muito poderosa mesmo. Daí pra frente, tem que jogar o jogo para saber o que aconteceu, e o que vai acontecer, quem são os Guardiões, a história deles e quem é você no jogo.

O game é 2D de plataforma, mas é também RPG. Estamos preparando muitas aventuras para os players.

Por que decidiram criar um jogo com animais como personagens principais? De onde veio essa inspiração?

Primeiro veio a mecânica de transformação. Queria muito sair do personagem que fica overpower e seguir uma linha mais do player precisar do poder de vários personagens. O conceito sai um pouco da ideia de confiar só em si mesmo e traz um outro lado muito bom de confiar no outro (Não confundam com multiplayer, é mais em relação a história do game). Então, eu sabia que queria que uma coisa se transformasse em outra. Aí pensei que seria legal se, de repente,  pudesse voar, nadar, correr, pular, e isso são os animais que fazem lindamente. Faltava o elemento de transformação e imaginei o Origami. Depois disso, a ideia ganhou tração, veio história e todo o resto.

Três dos nove animais jogáveis seguindo o estilo “origami”

Vendo o modelo dos personagens, lembramos do jogo Shelter. Já o cenário, nos remete à Ori and the Blind Forest. Algum desses jogos serviu como inspiração para a criação de Memories of Kami?

O Shelter confesso que nunca joguei, mas Ori and the Blind Forest eu amo muito. Lindo demais! Uma obra de arte! Mal posso esperar para jogar o Ori and the Will of the Wisps. Ele é uma das inspirações. Mas Donkey Kong, Mega Man, Metroid, Zelda, Mario Sonic fazem parte da minha infância e também são inspirações para o Memories of Kami. Principalmente Donkey Kong Country que trouxe os cenários mais realistas e a troca de personagem entre os dois macaquinhos o jogo todo. Quem, quando perdia um macaco, não queria logo estourar o tonel pra recuperar ele de novo? A gente nem usava, mas ele tinha que estar ali. E os outros bichos das fases especiais, o avestruz, o peixe espada e o rinoceronte. A felicidade quando aparecia a caixa do animal especial. Estamos tentando trazer toda essa essência para o Memories of Kami.

O clássico Donkey Kong Country de 1994 lançado para o SNES, influência principal de Memories of Kami

Será que, como tantos outros estúdios independentes, a Yokai Collective pretende buscar financiamento coletivo através de sites como Kickstarter?

Sim, por enquanto, esse é o cenário mas estamos tentando mudar isso. O Kickstarter pode vir a ser uma opção. Mas também, como na questão do multiplayer, ainda é muito cedo para bater o martelo nesse sentido.

Vocês estarão participando da Brasil Game Show esse ano. Quais suas expectativas para o evento?

Primeiro é, sem dúvida, conhecer os nossos jogadores. O Memories of Kami esteve guardado a sete chaves até agora. Vai ser de um valor absurdo ver o player jogando, saber a opinião dele, descobrir as coisas que tem que “tunar” no jogo, ver a expectativa se criando… Esse é o foco da participação na BGS.

E tem o lado business. Podem surgir parcerias que mudem todo o contexto de produção do jogo para melhor. Também estamos buscando entrada nos principais consoles.

Memories of Kami estará disponível para que os participantes da BGS possam experimentar?

Sim. Levaremos uma pequena demo do jogo para que o pessoal possa fazer um “test drive”. Estamos muito felizes e até um pouco ansiosos com isso.

Quero agradecer mais uma vez a Densetsu Games pela oportunidade de falar sobre o jogo, e dizer que o Memories of Kami, the Origami Legend continuará sendo produzido com todo carinho. E convidar todo mundo a aparecer lá na BGS pra dar uma jogada!

Como dito na entrevista, Memories of Kami, the Origami Legend estará com uma demo disponível na Brasil Game Show 2017 que ocorrerá esta semana do dia 11 a 15 de outubro. Por enquanto o jogo está sendo desenvolvido somente para PC, mas a Yokai Collective está interessada em trazê-lo também para consoles.

Dê uma olhada no site oficial de Memories of Kami, onde mais detalhes sobre a história e alguns personagens estão disponíveis para leitura.

Sigam a Densetu no Twitter, Facebook e Instagram para mais notícias sobre estúdios brasileiros como a Yokai Collective e seus jogos inspirados pela cultura oriental.

Compartilhe:
Avatar
Minato
Aspirante a escritor e jornalista. Minato é um amante de jogos, cinema, seriados, histórias em quadrinhos, música e tudo relacionado ao Japão. É uma fábrica de ideias que está sempre produzindo cada vez mais, apesar de não colocar nem metade em prática. Seus jogos favoritos são Persona 3, Okami, Steambot Chronicles, Shin Megami Tensei: Nocturne, Portal 2 e a série Kingdom Hearts.