Game mobile de Madoka Magica será lançado no ocidente

Puella Magi Madoka Magica receberá um novo game mobile para alguns países do ocidente. Confira mais detalhes e o trailer do jogo.


A Aniplex anunciou na última sexta-feira (19/04) o lançamento do game mobile Magia Record: Puella Magi Madoka Magica Side Story na América do Norte ainda em 2019.

Conhecido por ser uma obra que desconstrói o gênero mahou shoujo, a franquia começou com um anime em 2011 e desde então se expandiu para diversas mídias, incluindo os games com o primeiro título sendo Puella Magi Madoka Magica Portable lançado em 2012 para o PlayStation Portable.

Toda a trama das obras em Puella Magi envolve questionamentos morais que são apresentados por meio da forma como uma garota pode obter seus poderes mágicos que é sacrificando algo valioso em troca de um desejo igualmente importante.

Screenshot de Magia Record: Puella Magi Madoka Magica Side Story

A protagonista do game é Iroha Tamaki, uma garota mágica que teve como desejo a cura de uma doença da qual sua irmã mais nova sofria. Após o desaparecimento de sua irmã Ui, a jovem busca respostas na cidade de Kamihama que parece atrair misteriosamente outras meninas como ela.

Para aqueles que já são fãs da franquia e conhecem a história do anime principal, vale ressaltar que o enredo do jogo deve ser encarado como canônico e inclusive terá as presenças de personagens importantes de Madoka Magica.

Magia Record: Puella Magi Madoka Magica Side Story teve seu lançamento em 2017 no Japão e chegará inicialmente aos Estados Unidos e Canadá durante o verão boreal (21 de junho a 23 de setembro). O game estará disponível para dispositivos Android e iOS mas ainda não foi confirmado se ambas as plataformas receberão o jogo na mesma data ou se já existe uma data de lançamento em outros países.

Confira o trailer de anúncio do game abaixo:

Compartilhe:

Qual foi a sua reação?

amei amei
4
amei
haha haha
2
haha
meh... meh...
2
meh...
eita! eita!
0
eita!
quê? quê?
0
quê?
Willyan Cavalcanti

Paleógrafo, agente de imigração aérea e escritor. Completamente apaixonado por cultura asiática como um todo, especialmente japonesa e chinesa. Budista mais desequilibrado da face da terra que joga Splatoon 2 como se fosse uma final de copa do mundo e chora lendo mangás desconhecidos. Morre de amores por Persona, Splatoon, Love Plus e Pokémon.